Macabro!

O cinema produziu muitos filmes abordando temas envolvendo o sobrenatural. Filmes sobre fantasmas e vampiros tiveram momentos de sucesso e fracasso. Quem não estava brincando com este tema era João, o apóstolo. Longe de ser diretor de qualquer produção, ele recebeu de Deus a revelação, por meio de Jesus Cristo,… Continue a ler »Macabro!

Inutilidades

  Quem não conhece o Batman e seu cinto de utilidades? Bem bolado, não? Para cada situação, ele sempre tem o que precisa em seu cinto, ao contrário de outros heróis, que com um alfinete, saem de qualquer encrenca. Os cristãos também têm suas saídas de emergência. A principal é… Continue a ler »Inutilidades

Bravo!

  No dia 7 de setembro de 1822, Dom Pedro I arrancou do braço a fita que simbolizava a sujeição a outro reino e proclamou a independência do Brasil. Liberdade! Até hoje o Brasil é independente de qualquer outra nação ou povo. O laço no braço que sujeitava o país… Continue a ler »Bravo!

Onde há fumaça

  Onde há fumaça, há fogo, diz o ditado. Quem faz fogo tenta evitar a fumaça, que incomoda. Fogo é fascinante. Pode trazer terror e morte, mas também a vida. As velas, especialmente, simbolizam bem o fogo. Chamas bonitas e agradáveis. Apagamos a luz pelo prazer de um jantar romântico… Continue a ler »Onde há fumaça

Mansidão

  Interessante olhar com calma a definição desta palavra. O Aurélio define como “qualidade ou estado de manso; índole ou procedimento pacífico de quem é manso; brandura”. Geralmente, quando se estuda esta lista que explica o resultado da presença do Espírito Santo na vida do cristão, dá-se preferência ao amor,… Continue a ler »Mansidão

decifrando a vida

  A carta de um famoso cantor de Rock que se suicidou, revelou sua frustração com a vida e a própria música, pondo também em destaque dois pontos importantes. PRIMEIRO: A música, sucesso, sexo, viagens, bebidas, drogas podem alegrar, viciar, cansar e até relaxar, porém, podem conduzir à morte. Foi… Continue a ler »decifrando a vida

Que luxo!

LEITURA: Salmo 73.1-28 “Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios” (SI 73.3). A confissão de Asafe, autor deste salmo, é impressionante. Corajosamente descreve a inveja que sentiu dos homens que não conheciam a Deus. Quis ser como eles. Quase tropeçou na vida espiritual. Mas, lendo o relato… Continue a ler »Que luxo!

Mão de Obra

Leitura: Mateus 20.1-16 “Amigo, não estou sendo injusto com você… Receba o que é seu e vá” (Mt 20,13-14). Desde a Revolução Industrial, iniciada no século 18, quando a produção artesanal foi substituída pela fábrica, discute-se a questão salarial. O dilema tem sido definir o que é justo em termos salariais. Nesta parábola… Continue a ler »Mão de Obra